Voltar Professor Doutor Yotaka Fukuda (1945-2010)

dr futaba

Por Daniela Cristina Janolli Sanchez

Em 1966 o Dr. Yotaka Fukuda deu início a uma memorável carreira ao iniciar seus estudos na Escola Paulista de Medicina. Lá permaneceu durante a graduação e completou sua residência em otorrinolaringologia entre 1972 e 1974. Seu próximo passo na vida acadêmica foi a pós-graduação médica, em que desenvolveu sua tese trabalhando com os distúrbios do metabolismo do açúcar até 1982, quando recebeu seu título de doutorado.

Dedicou-se à otologia e ao estudo dos potenciais elétricos auditivos. Persistiu em seu trabalho com o metabolismo dos carboidratos, pesquisa pioneira no tema e que deu origem a uma linha de pesquisa que culminou com seu livro “Açúcar: Amigo ou Vilão?” publicado em 2003.

Deu continuidade à sua vida acadêmica e, em seu concurso de Livre Docência, estudou a audiologia eletroencefalográfica com especial atenção aos potenciais cognitivos – o P300. Seu talento e dedicação ao assunto o manteve na liderança da clínica e da pesquisa desses potenciais na Escola Paulista de Medicina.

Suas habilidades não se limitavam à pesquisa: repartiu com o Prof. Dr. Pedro Luiz Mangabeira Albernaz a cirurgia pioneira do primeiro implante coclear no Brasil em 1977 e atuou em inúmeras intervenções cirúrgicas. Segundo o Prof. Pedro, Yotaka era um mestre na dissecção dos tumores do ângulo ponto-cerebelar, habilidade aperfeiçoada no Instituto House em Los Angeles.

Orientou pesquisadores em seus mestrados e doutorados, estimulando-os e ensinando-os incansavelmente. Atuou e desenvolveu a habilidade de inúmeros residentes de otorrinolaringologia que ensinou e acompanhou durante sua vitoriosa carreira. Deixou um legado de discípulos, cirurgiões, otologistas, otoneurologistas e eletrofisiologistas e, principalmente, um legado pioneiro na pesquisa como uma referência para Otorrinolaringologia brasileira e mundial.

 


Outras Notícias